Adicionar aos Favoritos :: Entrar em Contato  
   
 

CALVINISMO
De autoria do famoso estadista holandês Abraham Kuyper, este livro apresenta a coerência da visão calvinista da vida, firmada nas escrituras. Leia a resenha escrita pelo Rev. Itamar Alves de Araújo.

SOLA SCRIPTURA
Prefácio escrito para o livro do Rev. Paulo Anglada, ministro presbiteriano em Belém, PA. O livro traz o brado de SOLA SCRIPTURA com veemência e clareza como antídoto ao veneno contemporâneo do subjetivismo e existencialismo do homem sem Deus, que teima em se infiltrar na igreja cristã.

EU PREGAR?
Prefácio escrito para livro do Presb. Samuel Junqueira, da Igreja Presb. de Santo Amaro, em S. Paulo. Um livro destinado a pregadores leigos, com ensinamentos e sermões ilustrativos.

LEI E GRAÇA
Prefácio escrito para o livro do Rev. Dr. Mauro Meister, professor do Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper, da Universidade Mackenzie, um livro que explica como compreender esses grandes temas doutrinários, na Palavra de Deus.

A VIDA DEPOIS DA REENGENHARIA
Prefácio escrito para o livro "Empregue o Seu Talento" (S. Paulo: Cultura Editores Associados, 1999), de Gutemberg Macedo, presidente da Gutemberg Consultores, em S. Paulo. Um livro secular que examina as últimas tendências nas áreas de emprego e conexões empresariais de executivos.

AS IMPLICAÇÕES PRÁTICAS DO CALVINISMO
Prefácio para o livro de A. N. Martin, publicado pela Editora Os Puritanos.

O EVANGELHO DE HOJE: AUTÊNTICO OU SINTÉTICO?
Apresentação à edição brasileira do livro de Walter Chantry (S. Paulo: Ed. Fiel, 1980), tradução de Today's Gospel - Authentic or Synthetic, originalmente publicado Banner of Truth.

DESTINADOS PARA A GLÓRIA
Prefácio para o livro do rev. Hernandes Lopes, publicado pela Editora Mundo Cristão.

 

 
As Implicações Práticas do Calvinismo

Prefácio para  "As Implicações Práticas do Calvinismo", A. N. Martin, publicado pela Editora Os Puritanos, 2000.

Final da década de sessenta. Um jovem brasileiro, de vinte e dois anos, cursava uma universidade cristã nos Estados Unidos e ia solidificando suas convicções doutrinárias. Criado em igrejas Presbiterianas, foi se interessando na teologia reformada apenas no final de sua adolescência. Rendeu-se às evidências da Palavra de Deus sobre a predestinação lendo o Evangelho de João: "As minhas ovelhas ouvem a minha voz..."; "Vós não escolhestes a mim, mas eu a vós..."; e assim ia marcando, em sua Bíblia, todas as referências à ação soberana de Deus na salvação do seu povo, encontradas nesse Evangelho. Muitos colegas de classe eram arminianos. Vários desses desprezavam e caricaturizavam o calvinismo. Outros, calvinistas, não recomendavam muito a doutrina professada, pelo arrogância e falta de trato Cristão em seus contatos. Uns poucos, entretanto, eram também sinceros pesquisadores das verdades das Escrituras sobre as Doutrinas da Graça e viviam, juntamente com o jovem, avidamente lendo trabalhos e procurando ouvir palestras relacionadas com a fé reformada.

O jovem era eu. Foi nesse contexto que travei conhecimento, pela primeira vez, com o Pastor Albert N. Martin. Não foi um contato pessoal; apenas umas três fitas cassetes que me foram emprestadas por um colega de escola, contendo, a essência da exposição que está sendo agora apresentada neste livreto: "As Implicações Práticas do Calvinismo". Como me ajudaram! As fitas eram de baixa qualidade de som, com ruídos provocados pelas múltiplas cópias de um original distante. Achávamo-nos, na realidade, numa época da pré-história eletrônica, há poucos anos da invenção da fita cassette. Logo, além de ouvi-las, consegui reduplicá-las e enviei cópias para outros amigos e para aquele que seria o meu sogro, o qual foi igualmente grandemente abençoado com esses sermões, ouvindo-os repetidamente em diversas ocasiões.

Alguns meses após, viajei duas horas, com mais alguns colegas até uma igreja onde o Pastor Martin pregaria. Na cidade de Ocean City, New Jersey, conheci sua poderosa oratória e impressionei-me com a sua doutrina e com a profundidade e sinceridade de suas palavras. Conhecendo um pouco mais de sua pessoa, algumas surpresas: "Mas batista?"; "E os batistas não são contra a teologia reformada?" E assim, minha falta de conhecimento ia sendo esclarecida; ia aprendendo que os batistas históricos eram todos reformados; que o abandono das Doutrinas da Graça era algo recente em sua história - ocorria a menos de cem anos; que um dos maiores pregadores reformados da história - Charles Spurgeon, era batista; que a confissão de fé dos batistas antigos - a Confissão de Fé de Londres (1689), era praticamente idêntica à Confissão de Fé de Westminster, e assim por diante.

Quatro anos depois, já casado com aquela que também compartilhara das primeiras escutas das fitas de Al Martin, morando desta feita no estado da Pennsylvania, nos deslocamos alguns domingos para Essex Fells, New Jersey, uma viagem de quase três horas, para ouvir suas pregações. Nesse tempo o Rev. Albert Martin já era um colaborador constante da revista The Banner of Truth. Já possuía, também, alguns trabalhos publicados e já era bastante conhecido como conferencista reformado. Sua igreja era um templo situado fora do burburinho do centro da cidade. A nave lotava e a pregação era transmitida por circuito interno de TV para aqueles que não conseguiam lugar e se acomodavam no porão. Chamava-nos a atenção algumas características do verdadeiro calvinismo presentes naquela igreja: o envolvimento de vários líders nas atividades e na liturgia; a preocupação com missões; o apelo para ações de beneficência; a importância e a centralidade da proclamação da Palavra; o envolvimento alegre e emotivo, mas com solenidade, respeito e apreço pelo aprendizado da doutrina sã, da parte dos membros.

Agora, mais de vinte e cinco anos depois desses fatos, tenho o prazer de ver mais um trabalho do Rev. Albert N. Martin vertido para o português e o privilégio de revisar a tradução e de apresentá-lo. Dele já existem outros livretos em nossa língua que vêm influenciando vidas e provocando uma maior precisão de análise nas coisas do Reino. Conjuntamente com "As Implicações Práticas do Calvinismo" confiamos que esses livros continuarão a despertar servos de Deus para uma vida mais comprometida com Ele, fundamentada na doutrina reformada. Vamos penetrar nessas implicações práticas e, pela graça de Deus, viver coerentemente com a nossa profissão, para a honra e glória de Cristo Jesus!

 
 


Examinando e Expondo a Palavra de Deus aos Nossos Dias:

Isaías 1:18-20 "Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã. Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra. Mas, se recusardes e fordes rebeldes, sereis devorados à espada; porque a boca do SENHOR o disse."

Atos 17:2-3 "Paulo, segundo o seu costume, foi procurá-los e, por três sábados, arrazoou com eles acerca das Escrituras, expondo e demonstrando ter sido necessário que o Cristo padecesse e ressurgisse dentre os mortos; e este, dizia ele, é o Cristo, Jesus, que eu vos anuncio."

Permissão é livremente concedida a todos que quiserem fazer uso dos estudos, artigos, palestras e sermões colocados neste site. Pedimos, tão somente, que indiquem a fonte e não modifiquem o seu conteúdo. Apreciaríamos, igualmente, a gentileza de um e-mail indicando qual o texto que está utilizando e com que finalidade (estudo pessoal, na igreja, postagem em outro site, impressão, etc.).

Copyright©2005 Todos os Direitos Reservados
solanoportela@solanoportela.net

 

 


Conheša o Site da Igreja Presbiteriana do Brasil

O SANGUE
Resenha do livro de Benny Hinn, originalmente publicado na revista Fides Reformata.

BEM VINDO, ESPÍRITO SANTO
Resenha do livro de Benny Hinn, originalmente publicado na revista Fides Reformata.

FOLLOWING JESUS WITHOUT EMBARASING GOD
Resenha do livro de Tony Campolo, originalmente publicado na revista Fides Reformata.

ENCONTROS COM DEUS
Resenha do livro de Valéria Martins, originalmente publicado na revista Fides Reformata.

A SEDUÇÃO DA IMAGINAÇÃO TERMINAL - UMA ANÁLISE DAS PRÁTICAS DISCURSIVAS DO FUNDAMENTALISMO AMERICANO
Resenha do livro de Alexandre de Carvalho Castro

 

Agenda Serm§es Artigos Palestras Links Home