Adicionar aos Favoritos :: Entrar em Contato  
   
 

CALVINISMO
De autoria do famoso estadista holandês Abraham Kuyper, este livro apresenta a coerência da visão calvinista da vida, firmada nas escrituras. Leia a resenha escrita pelo Rev. Itamar Alves de Araújo.

SOLA SCRIPTURA
Prefácio escrito para o livro do Rev. Paulo Anglada, ministro presbiteriano em Belém, PA. O livro traz o brado de SOLA SCRIPTURA com veemência e clareza como antídoto ao veneno contemporâneo do subjetivismo e existencialismo do homem sem Deus, que teima em se infiltrar na igreja cristã.

EU PREGAR?
Prefácio escrito para livro do Presb. Samuel Junqueira, da Igreja Presb. de Santo Amaro, em S. Paulo. Um livro destinado a pregadores leigos, com ensinamentos e sermões ilustrativos.

LEI E GRAÇA
Prefácio escrito para o livro do Rev. Dr. Mauro Meister, professor do Centro Presbiteriano de Pós-Graduação Andrew Jumper, da Universidade Mackenzie, um livro que explica como compreender esses grandes temas doutrinários, na Palavra de Deus.

A VIDA DEPOIS DA REENGENHARIA
Prefácio escrito para o livro "Empregue o Seu Talento" (S. Paulo: Cultura Editores Associados, 1999), de Gutemberg Macedo, presidente da Gutemberg Consultores, em S. Paulo. Um livro secular que examina as últimas tendências nas áreas de emprego e conexões empresariais de executivos.

AS IMPLICAÇÕES PRÁTICAS DO CALVINISMO
Prefácio para o livro de A. N. Martin, publicado pela Editora Os Puritanos.

O EVANGELHO DE HOJE: AUTÊNTICO OU SINTÉTICO?
Apresentação à edição brasileira do livro de Walter Chantry (S. Paulo: Ed. Fiel, 1980), tradução de Today's Gospel - Authentic or Synthetic, originalmente publicado Banner of Truth.

DESTINADOS PARA A GLÓRIA
Prefácio para o livro do rev. Hernandes Lopes, publicado pela Editora Mundo Cristão.

 

 
A Vida Depois da Reengenharia

O Leasing do Executivo

Com o fim do bloco comunista, Francis Fukuyama analisou as forças oponentes que movimentavam os acontecimentos globais, no sentido econômico e geo-político, postulou a proximidade da humanidade atingir uma democracia social genérica e decretou o "fim da história". Com isso ele inferia que adentrávamos uma era onde as grandes questões que polarizavam as opiniões deixavam de existir. Entraríamos em uma ocasião de situações contraditórias, onde uma relativa paz traria no rastro uma apatia generalizada, não apenas no sentido político e econômico, mas também no sentido empresarial e pessoal.

A tese de Fukuyama ainda está sendo debatida e muito questionada, principalmente à luz dos virulentos conflitos regionais que se seguiram à queda do comunismo. Subseqüentemente, a turbulência que tomou conta do mercado de capitais asiático e da própria Rússia, parece demonstrar que não chegamos ao fim da história - atingimos, talvez, um realinhamento dos pólos, agora deslocados para as questões econômicas e não políticas, que regem a vida das corporações e não apenas de países. No sentido final e globalizado, essas questões econômicas afetam o dia-a-dia de todas as pessoas, mais até do que o contexto político no qual vivem.

É exatamente do ponto de vista individual e pessoal que o reflexo das mudanças econômicas da última década é mais devastador. As corporações sofrem enxugamento, reengenharia, reduções e, em sua maioria, sobrevivem. Nas pessoas, entretanto, temos a restrição da liberdade econômica, a frustração de sonhos e aspirações, a evaporação de anos a fio colocados a serviço de alguma organização e a perda da própria personalidade e dignidade humana - se ficarem passivamente observando o curso da história.

É nesse contexto, no qual já se decretou o "fim do emprego", que Gutemberg Macêdo, apresenta suas idéias e propostas, nesse seu livro - O Leasing de Executivos. Gutemberg é extremamente conhecido no mundo dos negócios não apenas por sua aguçada visão, por sua capacidade de análise e por sua competência no aconselhamento empresarial, mas também por seu profundo interesse no resgate do indivíduo e na sua incansável procura do fórmulas que permitam a reintegração dos competentes alijados do mercado de trabalho. Durante anos suas idéias e propostas têm sido registradas em artigos publicados nos jornais OEstado de São Paulo, Gazeta Mercantil, nas revistas Exame e Veja, e em muitas outras publicações. Seus livros têm sido um marco de coragem na abordagem de temas considerados "tabus" pelos profissionais do ramo, mas de valor reconhecido após verificarem a pertinência e perspicácia de suas observações. Muitos o classificam como "um profeta fora de época", outros como um "iconoclasta descompromissado com tudo e todos, exceto com a verdade". Quando a maioria dos executivos ainda estava confortavelmente instalada em seus suntuosos escritórios agindo como se o emprego vitalício fosse uma instituição ocidental, Gutemberg ousou escrever e publicar "Fui Despedido, e Agora?", sem se preocupar com as advertências dos cautelosos que diziam - "Ninguém vai pegar numa livraria um livro com esse título e conteúdo. As pessoas vão ter vergonha de admitir isso na frente de outros". Veio a onda da reengenharia, com as demissões em massa, e o tempo provou que Gutemberg estava certo em seus alertas, conselhos e diretrizes que muito auxiliaram aqueles executivos desempregados, igualmente corajosos, que não se furtaram à admissão das dificuldades como passo inicial a saírem delas.

O Leasing de Executivos é outro desses trabalhos corajosos. O livro encara de frente a tendência do auto-emprego, reposicionando o profissional e a empresa, para que ambos enxerguem com clareza a nova realidade funcional de cada um. O objetivo é a sobrevivência  e a recompensa justa ao esforço da competência. De nada adiantarão olhares nostálgicos a um passado que não retornará. Sairão vencedores aqueles que conseguirem encarar o presente com realismo e o futuro com ousadia e que procurarem se preparar o melhor possível para os desafios dessa batalha solitária, onde a derrota não é admissível como alternativa, equipando-se com livros como este.

Se você está satisfeito com uma vida profissional de escravidão e apatia; se você é um daqueles que vai acordar algum dia apenas para perceber que sua vida foi roubada por uma organização qualquer; se você não almeja a conquista de uma independência na qual dedique mais tempo a você e aos seus - passe adiante! Esse livro não é para você. Mas se você quer participar na formação do seu próprio futuro, entusiasme-se comigo e leia este livro! Será impossível você sair desta leitura com os mesmos conceitos anteriores - prepare-se para o século 21!

 
 


Examinando e Expondo a Palavra de Deus aos Nossos Dias:

Isaías 1:18-20 "Vinde, pois, e arrazoemos, diz o SENHOR; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã. Se quiserdes e me ouvirdes, comereis o melhor desta terra. Mas, se recusardes e fordes rebeldes, sereis devorados à espada; porque a boca do SENHOR o disse."

Atos 17:2-3 "Paulo, segundo o seu costume, foi procurá-los e, por três sábados, arrazoou com eles acerca das Escrituras, expondo e demonstrando ter sido necessário que o Cristo padecesse e ressurgisse dentre os mortos; e este, dizia ele, é o Cristo, Jesus, que eu vos anuncio."

Permissão é livremente concedida a todos que quiserem fazer uso dos estudos, artigos, palestras e sermões colocados neste site. Pedimos, tão somente, que indiquem a fonte e não modifiquem o seu conteúdo. Apreciaríamos, igualmente, a gentileza de um e-mail indicando qual o texto que está utilizando e com que finalidade (estudo pessoal, na igreja, postagem em outro site, impressão, etc.).

Copyright©2005 Todos os Direitos Reservados
solanoportela@solanoportela.net

 

 


Conheša o Site da Igreja Presbiteriana do Brasil

O SANGUE
Resenha do livro de Benny Hinn, originalmente publicado na revista Fides Reformata.

BEM VINDO, ESPÍRITO SANTO
Resenha do livro de Benny Hinn, originalmente publicado na revista Fides Reformata.

FOLLOWING JESUS WITHOUT EMBARASING GOD
Resenha do livro de Tony Campolo, originalmente publicado na revista Fides Reformata.

ENCONTROS COM DEUS
Resenha do livro de Valéria Martins, originalmente publicado na revista Fides Reformata.

A SEDUÇÃO DA IMAGINAÇÃO TERMINAL - UMA ANÁLISE DAS PRÁTICAS DISCURSIVAS DO FUNDAMENTALISMO AMERICANO
Resenha do livro de Alexandre de Carvalho Castro

 

Agenda Serm§es Artigos Palestras Links Home